segunda-feira, agosto 10, 2015

O nostálgico Facebook

Estabelecer rotinas não é algo que incomoda. A palavra assusta, lembra monotonia, mas é apenas uma forma de organizar obrigações e hábitos que entendemos ser de bom tom. A academia é um exemplo. Você estabelece horário e acaba indo (dentro do que lhe foi estipulado), como rotina, mas é prazeroso, permite inflar os músculos e esvaziar a cabeça, um antidepressivo de grande utilidade e baixo custo.
Além da questão física, uma outra mania é a vontade de sempre estar bem informado. Assim, logo que acordo, acesso o celular e confiro o que já é notícia em nosso jornal (O Informativo do Vale), Facebook, Twitter, além dos aplicativos, que trazem de tudo um pouco. São consumidos alguns minutos, mas que permitem ter uma ideia do que vem pela frente.
Esta agilidade percebida nos meios de comunicação, que vejo pela manhã e que se atualiza a todo segundo, faz com que o passado, mesmo que recente, pareça muito longínquo. Eis que um dos maiores astros do momento, no mundo virtual, o Face, apresenta a possibilidade de você recuperar algumas memórias, sem que tenha que perder tempo ou vasculhar em seu histórico. Faz o passado virar presente.
Ontem, ele me permitiu relembrar de um momento bacana, em que dividia - comigo - uma garrafa de Casillero del Diablo; dividia - com outros - os meus escritos; e que dividi - com os amigos virtuais (ou reais), em fotografia. Vale um agradecimento ao Facebook, que além de lembrar do dia dos aniversários também serve para nostálgicos momentos "remember".

Nenhum comentário: