sexta-feira, outubro 27, 2006

Medicina alternativa

A insegurança sempre esteve entre as palavras que costumam conviver comigo. Sabia administrá-la, quando o assunto era trabalho, cotidiano, destas coisas. No entanto, quando o coração bate apertado e o motivo é ele próprio, não o músculo, mas os sentimentos que ele proporciona, então fico sem saber o que fazer, pensar ou agir. Confio e gosto que as pessoas confiem em mim, porque sou honesto e sincero, mas não posso deixar de ficar apreensivo, nervoso. Pode ser bobagem, pode ser exagero, pode ser o que for. Para esta doença, mesmo não sendo médico, acredito ter o diagnóstico e cura: você, com doses homeopáticas de sua voz, aplicações suaves e contínuas de beijo na boca, toques e mensagens, pelo menos, três vezes ao dia.

terça-feira, outubro 24, 2006

Talvez seja amor, viu

O sorriso mais lindo, o formato de rosto, que se desenha na presença da pessoa amada, os olhos que brilham, chegando a ofuscar o astro rei, sol. Não sei dizer, não sei descrever, nem quero pensar... me diga que isto é amor e estarei feliz pelo resto de meus dias. Ficarei feliz como o alpinista que alcança o topo do Everest, como o arqueólogo que encontra o mais antigo fóssil da humanidade, como o músico, que grava a canção preferida pelo seu público, como o coração, que manda o sangue pelo corpo e o recebe, novamente, quente e com vontade de ferver e dar mais vida para seu corpo. Estarei feliz, "porque eu sou feliz assim, com você perto de mim; e não há ninguém que possa ter, o amor que sempre foi meu, eu amo você!"

segunda-feira, outubro 23, 2006

Boa pescaria

O intenso ritmo de trabalho dos últimos anos fez com que esquecesse de um importante músculo de meu corpo: o coração. Cheguei a pensar que ele havia entrado em piracema eterna, inviabilizando a pescaria de algum sentimento, como amor. Mas que nada... o tal coração pode até estar na piracema, mas é do outro lado, não o do pescador, mas dos peixes, que neste período estão em intensa reprodução. É assim que ele está, reproduzindo, proliferando, exageradamente, expandindo sentimentos, paixões e vivendo momentos mais do que especiais.

domingo, outubro 22, 2006

Descobertas

A vida é cheia de descobertas. Os cientistas são exemplos evidentes disto. Em todos os dias aparecem com novidades mais surpreendentes, que resultam em curas de muitas doenças e males da humanidade. As descobertas pessoais são menos importantes para a humanidade, mas fundamentais para nossas vidas. Descobrir o momento certo de agir, a hora certa para tomar aquela decisão importante, a pessoa certa para estar ao seu lado... êta coisa difícil. Talvez por ser tão complicado é que apresenta um sabor mais gostoso, mais satisfatório, que faz brilhar o olho e arrepiar quando se pensa. No momento de agir, então, é que fica melhor, que mexe no fundo da minh'alma, que faz transbordar os sentimentos, que faz a viagem mais curta se tornar um interminável momento de prazer.

quinta-feira, outubro 19, 2006

O que importa?

Que semana "ispecial". Acalme-se o especial está com "i" de propósito. É com "i" de intenso, de incrível, de inacreditável. São momentos vividos, que jamais serão esquecidos, quando o coração salta, ao invés de bater, quando a alma ilumina o mundo com a aura mais do que brilhante. A sensação de plenitude é tanta, que o brilho ofusca as estrelas, ao ponto de fazer com que desapareçam do céu. Por isto, e muito mais, acredito ser o máximo viver, sentir as coisas boas que a vida pode mostrar e ter, estar ao lado de quem se gosta, abraçado, sentindo o seu calor e sua voz sussurrando ao ouvido palavras de carinho e apreço. É o paraíso! Aqui não tem Eva, nem Adão. Eles, também não fazem falta, porque o que importa somos você e eu e nada mais.

segunda-feira, outubro 16, 2006

Que saudade

Ah, que saudade que tenho ao ver a aurora e saber que você está longe, lá fora. Distante de mim, longe de meu corpo, mas tão perto do coração, que às vezes nem percebo. Por isto, como a princesa Isabel, assinei a lei Áurea a meus sentimentos. Estão todos livres, alforriados para seguir as suas vontades, os seus desejos, ...

Aniversário

Festejar aniversário é muito estranho, gostoso, mas estranho. Agora, mais do que gostoso é ter passado bons momentos com amigos, pessoas especiais, fazendo o que temos prazer de fazer. Discutimos política, durante toda a noite de sábado, e tomamos uma caixa de cerveja. Que coisa boa! Estava com saudades de momentos como estes! Obrigado por Você me permitir passar por tudo isto.

sexta-feira, outubro 13, 2006

E estou feliz

Estou feliz demais! Gosto tanto da vida, que nem penso em outra forma de estar, de sentir, de viver. Quero muito continuar, pelo resto de meus dias, com este sentimento, que meu coração faz sobressair-se a qualquer outro. Quero sempre poder dizer as coisas que penso e ter alguém que sirva de esteio, quando fora cair. Mas quero mais, quero tudo que à mim está reservado, quero um beijo, um abraço, um aperto de mão; quero você, sua alma e seu coração.

Meu níver

Hoje, sexta-feira, 13, é meu aniversário. Recebi muitos telefonemas, mensagens, palavras de carinho e afeto, que sei, verdadeiras. Tudo que me foi dito, me foi desejado, espero, com sinceridade, que estas pessoas consigam o dobro, que continuem sendo, sempre, minhas parceiras, quando não de trabalho, de vida. Obrigado a todos!!! Fazer 28 anos é bom demais da conta. Ficar mais velho, ter maior responsabilidade, já são coisas que não entram mais em meu vocabulário, por saber que isto é vital e, não é o acúmulo dos anos, que vai me fazer diferente.

segunda-feira, outubro 09, 2006

Eu vou seguir

Recuar não posso, nem quero. Penso que vou seguir e ver onde vai dar este caminho. Ele tem alguns espinhos, sei, mas não tenho medo, pois nem só de rosas são feitas as mais lindas roseiras. Os momentos de alegria, as sensações inesquecíveis, as viagens dentro de mim para buscar me entender e o que me motiva a agir assim, fazem de tudo isto algo especial. Creio que é isto que quero, tenho certeza que é isto que sinto.

quarta-feira, outubro 04, 2006

Coragem

As palavras têm mais pesos e medidas do que conseguimos imaginar. E esta quantificação não é em quilo, nem em metros, nem em letras, mas nos significados que elas têm. Dizer, por exemplo, "Eu te amo!" é mais importante do que assinar um cheque, um contrato, uma vida. Declarar amor para alguém é dizer que seu coração está aberto e a espera do complemento, que esta pessoa deve fazer. Não há momento mais sublime, mais quente, mais sério e mais sincero do que quando temos a oportunidade de, do fundo do coração, dizer, ao pé do ouvido da pessoa amada: "Eu te amo!"

terça-feira, outubro 03, 2006

Viva a nossa realidade!

"Sonho que se sonha só, é só um sonho que se sonha só, mas sonho que se sonha junto é realidade." Se sonharmos juntos, se quisermos juntos, se torcermos juntos, se vibrarmos juntos e, até se gozarmos juntos, teremos, com certeza, uma linda realidade a ser vivida. Vamos fazer destes momentos, mesmo que curtos, mesmo que pequenos a nossa realidade. O tempo não vai passar, as crianças não irão passar fome, as tristezas do mundo serão substituídas pela alegria estampada no rosto do palhaço. É assim que te quero, foi assim que te busquei, é isto que sonho em todas as noites.

Que bom seria...

Ah, como é difícil ficar sem você, te ver passar e não poder ter abraçar, te sentir, te beijar... Que bom seria se eu pudesse, que bom seria sentir teu coração batendo junto ao meu, que bom seria... Nem sempre é possível concretizar isto em carne, mas a alma, com certeza, está bem alimentada de seu carinho, de seu afeto, de seu tesão.