quarta-feira, junho 23, 2010

Morte Lenta

Quem não é de Lajeado deve estranhar, mas a pergunta é válida. Alguém já comeu um Morte Lenta temperado com maionese com alho? É perfeito. Quem é de Lajeado sabe que me refiro ao cachorro-quente feito em uma van, ao lado do cemitério no Centro. Vale a pena conferir!

terça-feira, junho 22, 2010

Quis doar sangue

Eu tentei. Fui com boa vontade - um medo do caramba - mas com boa vontade. A ideia era chegar no banco de sangue, estender o braço e dizer: "Pode tirar o necessário. É por uma boa causa". Daí tu chega lá, espera um pouco, faz um cadastro, que é rápido, mas que tem que esperar um monte até que seja feito. Te furam o dedo. É a primeira etapa física: o furo no dedo. Tenho 45 não sei o que, mas é bom. O mínimo é 38 para doar. Minha colega tinha 35 - fraca, precisa de Ferro. Forte, vigoroso, me achei. O pequeno "fortão". Entrei em uma sala com a "enfermeira" e começou o interrogatório. "Tem alergias?" - Asma, rinite, e tudo o que é ...ite, mas faz tempo que não dá nada. Então passa. Ufa!
Enfermeira: "Faz sexo?"
Eu: "Ahn?"
Enfermeira: "Sexo? Fez com parceiras diferentes nos últimos seis meses?"
Eu: "Sim".
Enfermeira: "Então não pode doar. Você faz parte do grupo de risco."
Eu: "Putz! Entrei com a maior boa vontade, mesmo me preservando ao máximo (camisinha e tudo e tal), e sai como alguém do grupo de risco."
É bem doida esta sensação. Um pequeno, fortão, e agora promíscuo, pervertido, ao menos na visão de quem recebe o sangue.

Frase

"Se você sorrir para a vida, ela te trará a razão de viver."(Ueiler Silva)

Não gosto de jogador fresco

Chega a dar nos nervos ver o Kaká jogando pela Seleção Brasileira. O cara tem uma marcação forte, é verdade, mas não precisa ficar tão chorão. E mesmo que fique. Tem que saber com quem reclamar. Tinha necessidade de dar tanto piti? O Dunga precisa mante-lo até ser expulso?

quarta-feira, junho 16, 2010

Jardim

Nem tudo no caminho da vida são flores. Os jardins têm ervas daninhas, nas plantas existem espinhos e tudo mais. Mas o melhor de tudo é saber limpar bem todas estas pragas e deixar apenas as flores, que soltam o melhor dos perfumes e têm cores exuberantes. Basta saber cuidar bem deste jardim.

Crer em Deus ou no destino?

A descrença em Deus está bastante grande. Cada vez mais percebe-se que as pessoas estão aderindo à ideia do ateismo. O motivo não sei. Assim, ganha força o conceito do destino. Prefiro ficar com a primeira opção e explico: quem acredita apenas em destino tem certeza de que um dia - se está reservado para você - as coisas vão acontecer. Ou seja, não é preciso agir. O cara fica sentado em uma cadeira na esperança de que o mundo conspire positivamente. Quem crê em Deus entende que existe o bem e o mal. Quem trabalha, se esforça, cedo madruga, é do bem. Quem fica parado (por opção) é do mal. Um motivador para ir atrás dos meus objetivos, graças a Deus.

domingo, junho 13, 2010

Expectativa frustrada

O Lajeadense conseguiu frustrar, hoje à noite, a expectativa de pelo menos 5 mil pessoas que estavam no Estádio Florestal. O time perdeu por 2x1, de virada. Para piorar, a vitória do São Paulo, de Rio Grande, frente ao Cruzeiro, de Porto Alegre, fez com que tudo ficasse embolado na busca das vagas para a Série A. Assim, o que estava garantido, agora depende de sorte, habilidade, vontade e nervos em dia para enfrentar os momentos tensos que vêm por aí. Avante, Alviazul!

segunda-feira, junho 07, 2010

Frase célebre

"Aprendi que não posso exigir o amor de ninguém... Posso apenas dar boas razões para que goste de mim... E ter paciência para que a vida faça o resto..." William Shakespeare

As nuvens são logo ali

Quando criança olhava para as nuvens e pensava: do que seriam feitas essas coisas que ficam no céu. Ao frequentar a escola tive a resposta óbvia, simplória, coisa com graça. O bacana mesmo é saber que se pode caminhar sobre elas - não de fato, mas num mundo imaginário, quando se está bem consigo. Os passos são na medida certa, o terreno da nuvem é fofo e permite viajar tendo as sensações mais incríveis, que se pode ter.

domingo, junho 06, 2010

Um novo mundo é possível

Sempre achei estranha a ideia pregada no Fórum Social Mundial, que diz ser um novo mundo possível. A minha perspectiva sobre esta filosofia é de que o atual mundo está bem bom. Podemos fazer algumas adaptações, quando as coisas não estão de acordo com nossos interesses. Mas, passado algum tempo, começo a achar que um novo mundo é possível. E este novo mundo se apresenta de uma forma tão intensa e espetacular que, muitas vezes, parece um sonho. Daí consigo perceber que trata-se de uma importante, fundamental, e precisa realidade - coisa que não tem explicação pela grandeza, surpresa e beleza. E este novo jeito de sentir, de ver, de estar, de manifestar, de explorar o mundo, me deixa bem feliz.

quarta-feira, junho 02, 2010

Comemore com vinho

O frio, que já começa a mostrar a sua cara neste ano, faz pensar duas vezes na hora de comprar uma bebida alcoólica. É bem comum encontrar cerveja no carrinho do supermercado, mas o momento parece ideal para o vinho. Um bom vinho, uma boa companhia e a noite se estende com um sabor bem mais gostoso. E tem mais aquela história toda do romantismo, que a bebida dos deuses permite. Sagrado seja o vinho nosso de cada dia e todos os momentos que nos proporciona ou acompanha.

terça-feira, junho 01, 2010

Não esqueça

Em momentos de tristeza, não sorria. As pessoas não vão entender o que te fez sorrir. Em momentos de alegria, pode chorar, porque tudo explica um choro quando é verdadeiro.