terça-feira, dezembro 26, 2006

Eu queria e já tenho

Queria ter mais coragem,
queria ser mais capaz,
queria poder dizer o que penso,
queria voar para a paz.
Queria poder resolver,
queria poder ser mais,
queria poder entender,
queria explicar coisas tais.
Queria o mundo aos meus pés,
queria ajoelhar diante do mundo,
queria o vés e o revés,
queria o sentimento profundo.
Posso querer,
posso pedir,
posso sonhar,
mas o que importa é o que tenho
que me faz sorrir,
que me faz amar.

quinta-feira, dezembro 21, 2006

Esta eternidade é pequena, mesmo

Entre todas as palavras belas,
quer sejam as mais picantes ou as mais singelas,
está aquela que faz sorrir e sentir dor.
E se diz isto com fervor,
ela não é outra, se não o amor.
Feliz é quem pode contar
que ama,
não reclama,
exclama.
No peito, o coração derrama sentimentos,
coisas para sempre,
vividas nos momentos,
que não devem terminar,
enquanto se amar,
se desejar,
se beijar,
se encontrar.
Te encontrar,
te beijar,
te desejar,
te amar,
fazer de tudo,
enquanto a eternidade durar.

quarta-feira, dezembro 20, 2006

Pequenos gestos, grandes resultados

É impressionante como as melhores reações são percebidas em pequenos gestos. Encontrar quem se ama, trocar um olhar, um toque de mão, um bip no telefone, uma mensagem valem tanto, servem para fazer o olho brilhar, o coração bater mais forte, o sentimento aflorar e se transformar em faces sorridentes, às vezes até bobas. O lábio no lábio, o toque de pele, o cafuné, pequenas coisas que podem ter grandes resultados, enormes sensações, que ultrapassam o limite do imaginário, aquecem a alma a fazem transbordar de felicidade.

quarta-feira, dezembro 13, 2006

Salve, salve, tecnologia

Todo homem romântico se orgulho de dizer que é aquele amante à moda antiga. Daqueles mesmo, que ainda mandam flores, que não têm medo de amar, nem dos amores. Os avanços tecnológicos estabeleceram novas listas de presentes, que nunca tiraram, na verdade, as flores dentre os preferidos, mas geraram maiores opções, muitas vezes mais frias e mecânicas. Tudo bem! É o ônus que querer utilizar melhores e mais rápidos meios. Se alguns destes inventos esfriaram a relação, a maior parte possibilitaque ela esquente. Um toque no celular, uma troca de e-mails, um sorriso pela imagem do MP4, ... são formas novas que permitem você mostrar que existe, que ama e que está pensando na pessoa amada nas 30 horas que tem o dia. Ah, não tem 30 horas? Ih, então devo estar amando demais!!! heheheh

segunda-feira, dezembro 11, 2006

E viva o amor

Conhecer quem se ama é fundamental, sentir a pele, o lábio, o coração; ver o brilho dos olhos contando história, fazendo você se apaixonar ainda mais é essencial para uma boa noite de sono, recheada de sonhos apaixonantes, que se espera, tornem-se, sempre, realidades. É assim que se vive o amor, que nem sempre é perfeito, mas é o ideal para quem ama. É deste jeito que se unem dois corações de quaisquer cor sejam, credos tenham, ou pensamento cultivem. E viva o sentimento amor para que ele seja eterno, transforme as vidas e una os corações.

Integração

Domingo tive a oportunidade de, pela primeira vez, participar de um encontro festivo da Rede Vale de Comunicação. O pessoal é, realmente, integrado. Os grupos se formam, obviamente, conforme os setores, mas mesmo assim é possível perceber a união, a força que faz mover toda esta máquina, um dia pequena, hoje bem significativa. Os funcionários e seus familiares mostram, assim como a direção, de que existe um pensamento coletivo, respeitada cada individualidade. É assim que deve funcionar; é por isto que dá certo. É muito bom trabalhar em um ambiente como este.

quarta-feira, dezembro 06, 2006

Tesão

Acordar com você, ver seu rosto com carinha de sono, sentir que estou abraçado em seu corpo é bom demais. Também é maravilhoso te ver de bruços em minha cama. Suas formas tão bem desenhadas, perfeitas, empinadas, lindas, com cheiro gostoso do amor feito na noite e seguido de um banho; deitar sobre você e poder contar no seu ouvido, como se fosse a mais linda música, que te amo e que quero viver sempre ao seu lado, ao mesmo tempo que ouço a voz perfeita, sonolenta e gostosa, que diz que me ama. Ah! Este mundo é perfeitamente um tesão!

Momentos

Existem duas oportunidades que podem ser classificadas com melhor momento para a vida. A primeira e mais importante delas é quando se está ao lado da pessoa amada. Se sente o perfume, se toca, se beija, se inspira o mesmo ar, se sussurra no ouvido palavras, às vezes impublicáveis, que ficam na lembrança para toda a eternidade e que fazem arrepiar. A outra é quando se está longe de quem se ama. Se pensa, se deseja, se recorda, se imagina a sensação daqueles momentos em que estavam juntos e que devem ser lembrados para sempre.

sexta-feira, dezembro 01, 2006

Onde se vê o amor?

Viver o amor, sentir que está amando é algo inexplicável. Encontrar ele pode ser mais difícil, mas é, sem dúvida, compensador. Depois que ele fizer seu coração bater mais forte, depois que você sentir que há alguém muito especial para você querer bem, ele deixa de ser um mistério e se revela num mapa de fácil identificação. Dai por diante, você sente o perfume as flores e pensa na pessoa amada, olha os pássaros unidos e se imagina como eles, lê um poema e se emociona imaginando que você poderia tê-lo escrito para quem ama. Aquele sentimento tão estranho, tão escondido, tão sincero, vai para seu rosto, que sorri quando se depara com este ser que te faz ser mais do que humano, lhe transforma em sobrenatural, supranatural, sensacional. É assim que você vê quem está na sua frente, dedicando-lhe um beijo, fazendo-lhe carinho, dando-lhe um abraço.

Onde se vê o amor

Viver o amor, sentir que está amando é algo inexplicável. Encontrar ele pode ser mais difícil, mas é, sem dúvida, compensador. Depois que ele fizer seu coração bater mais forte, depois que você sentir que há alguém muito especial para você querer bem, ele deixa de ser um mistério e se revela num mapa de fácil identificação. Dai por diante, você sente o perfume as flores e pensa na pessoa amada, olha os pássaros unidos e se imagina como eles, lê um poema e se emociona imaginando que você poderia tê-lo escrito para quem ama. Aquele sentimento tão estranho, tão escondido, tão sincero, vai para seu rosto, que sorri quando se depara com este ser que te faz ser mais do que humano, lhe transforma em sobrenatural, supranatural, sensacional. É assim que você vê quem está na sua frente, dedicando-lhe um beijo, fazendo-lhe carinho, dando-lhe um abraço.