quarta-feira, novembro 29, 2006

Basta ver

O brasileiro tem mania de tocar nas coisas, como se os dedos tivessem olhos, para poder enxergar. Dizem logo: "Deixa eu ver" e estendem o braço para pegar, seja lá o que for. Agora, tem coisas que um simples olhar já chega. As coisas do amor, por exemplo. Basta ver a pessoa amada, que o coração pulsa mais forte, que o peito fica tomado de alegria, que o corpo se arrepia, que o lábio sente vontade de beijar, ... basta sentir a presença de quem se ama, que o mundo se completa, que a vida se eterniza, que os problemas se superam, que o resto se torna apenas resto de um momento sublime, incomum, singular. E não ver a pessoa amada é receber as chagas do Senhor, é ser colocado na cruz, ser açoitado, mutilado, é de morte. Por isto é que preciso te ver, te sentir, te perceber, saber que você existe e que está comigo.

quinta-feira, novembro 23, 2006

Os olhos

O brilho do olhar parece estar intimamente ligado ao pulsar do coração. As pessoas que amam mostram isto com o piscar dos olhos, que chega ofuscar os menos crédulos nos sentimentos. É incrível, mas crível. Basta olhar para o rosto de quem ama, de quem sente no peito a chama da maior das sensações, que é gostar de alguém. Mas não é só gostar, gostando. Não. Me refiro ao amor forte, intenso, profundo, daqueles que sentimos e não nos arrependemos, que nos motivam a acordar cedo e ligar para a pessoa amada, que nos fazem ficar até mais tarde conversando, quase que como sentindo a presença por quem bate o coração. É este que faz o olho brilhar, que faz a vida ter sentido, que faz a esperança da felicidade eterna virar realidade, que faz sonhar e viver o sonho durante todos os dias, na tal da vida real. É para isto, além de enxergar, que servem os olhos, para mostrar a alma, que brilha por bons motivos.

Bons momentos devem superar os maus

É incrível como as notícias ruins são mais fortes do que as boas. Superam, irritam, deixam as pessoas irreconhecíveis. É nesta hora que devemos lembrar dos bons momentos que tivemos. Pensar em coisas boas. Viver a plenitude de nosso interior, sobretudo, se temos histórias alegres para pensar, meditar, lembrar. Superar as barreiras é meta para todos e os problemas estão sempre presentes, prestes a serem vencidos. A vitória, no entanto, ocorre somente com boa vontade, com persistência, com tesão pela vida e muito apoio. Ninguém vive tão só que não encontra um ouvido, que lhe escute, que não tenha um ombro para se escorar. Aqueles que sabem que têm, devem aproveitar estas situações para pedir palavras de conforto, de agrado, que possam ser levadas a sério.

terça-feira, novembro 21, 2006

Canções

A vida passa em nossa frente e pouco damos atenção para os pequenos detalhes. Queremos saber apenas dos grandes acontecimentos e deixamos os menores. É ali que estão as grandes sacadas, os melhores lances, as mais fortes mensagens. Quer conferir? Dá uma olhada nas canções românticas. Una, lógico música e letra, mas preste muita atenção no que dizem. Cara, dá para fazer mensagens sensacionais para a pessoa que queremos bem. Quem consegue fazer isto dá amostra de que tem sentimento, coração, que está amando e, por certo, considera esta pessoa muito especial. Cuide dos pequenos detalhes da vida, porque eles têm grandes surpresas para você.

segunda-feira, novembro 20, 2006

Sentimento

O mais difícil é explicar os sentimentos; o mais difícil é medir o quanto amamos; o mais difícil e se ver triste, irritado com a vida; o mais difícil é falar palavras que possam mudar esta sensação; o mais difícil é te ver e não te poder; o mais difícil é enfrentar as dificuldades da vida; mas é nos momentos ruins que aprendemos as melhores lições; e é nestas horas que devemos lembrar dos momentos bons, que nos confortam, nos trazem boas lembranças e nos acalmam. Ser feliz é obrigação de todos nós, que dividimos nosso coração com quem amamos, que sentimos por outra pessoa o mais lindo e verdadeiro sentimento: o amor. Sejamos felizes!!!! Para sempre!!!!

Auto-estima

A busca constante, em nossa vida, é ser o melhor. Muitas pessoas são e nem se dão conta disto. Têm baixa-estima. É preciso se reconhecer, olhar ao redor, ver, com franqueza, que você está muito melhor do que outras pessoas, de que você pode mais, de que tem mais condições de estar feliz, de que aproveita a vida com alguém que te ama, de que é mais especial para os outros do que para você mesmo. A sua vida é muito importante e você é muito importante para vida.

segunda-feira, novembro 13, 2006

Música

A música toca o coração da gente, diz coisa que, muitas vezes, não temos coragem para falar, é responsável pela animação e serve como estímulo. É nas letras e tons das canções que podemos viajar, contar e recontar o que queremos e desejamos. Enviar músicas (letras) para a pessoa que você gosta é mostrar que você quer bem, que deseja, que usa aquelas palavras para invadir o imaginário de quem recebe. Mais do que motivadora, a música revela, põe amostra, eterniza. E vou sempre lembrar de que "meu coração, não sei por quê, bate feliz, quando te vê..."

segunda-feira, novembro 06, 2006

Quem disse que as rosas não falam?

Não há como o hábito de dar flores. Vi uma colega, hoje, carregar, emocionada um boquê, que ganhou de aniversário. Coisa de outros colegas, coisa de amizade. Elas são ainda melhores aceitas quando o motivo é o amor, quando você manda sabendo que o vermelho das rosas vai fazer os olhos da pessoa amada brilharem. O sorriso de quem recebe é tão gostoso quanto o de quem manda. A sensação é idêntica, é como você estar dando e recebendo ao mesmo tempo. E não precisa ser um super ramalhete, basta um maço de flores do campo, que o sentimento já estará representado. As flores são assim, elas falam, mesmo que a música diga que não, elas dizem o quanto quem recebe é especial e merece sua atenção, sua dedicação, seu amor, suas flores.

sábado, novembro 04, 2006

Vulcão

A erupção vulcânica é um dos fenômenos da natureza que mais me surpreende. Por algum motivo, um enorme morro esquenta-se e explode, soltando uma intensa e quente quantidade de lama acompanhada de pedras, que mais parecem brasas. Por onde passa arrebata, derruba, destrói. O amor é assim. Algo o motiva, o faz diferente - pode ser a beleza externa, a interna, as duas, ou nada disto - você explode, como o vulcão, tentando mostrar todo o seu sentimento. Por fim, ele destrói qualquer possibilidade de domínio do seu ser, que se transforma em apenas metade de uma pessoa, que é completa com a pessoa amada. E tem mais, o amor é quente, ferve, brilha como o líquido em combustão de um danado vulcão. Por isto que é bom! Se ele estiver quente demais, tomamos um suco gelado e está tudo resolvido, hehehe.

quarta-feira, novembro 01, 2006

Que bom um feriado

Espero com ansiedade cada feriado. Quero curtir todos, viver todos, sentir todos como nunca fiz. Não porque irei descansar, não porque estarei longe do trabalho. Fico contente, porque é nestas oportunidades que posso encontrar você, te sentir, te abraçar, realizar as mais loucas fantasias de amor, viver. Isto é mais do que demais, é um exagero de sentimento, que faz com que me restem poucas certezas. Uma delas é saber que é bom demais estar contigo.